Welcome! - Bienvenido! - Benvenuti! -

programas recentes:

A manifestação humana de Cristo dificulta ou facilita?

“Se ouvires hoje sua voz, Não endureçais vossos corações” – Hebreus 3:15

Em um futuro não muito distante, o mundo apontará a religião como um dos piores flagelos que afetou a humanidade.

A religião, promotora de enganos e erros, nos falou de um Cristo místico e nos apresentou um Deus completamente distante das normas da realidade.

Por essa razão até o dia de hoje há milhões de pessoas confundidas esperando ver um Cristo totalmente irreal. Isto é algo extremamente delicado, porque se está brincando com a fé dos devotos, que com o passar dos dias vêem como se desfaz a esperança de ter um encontro com Cristo.

Desta maneira se corre o risco, pelo fato de se ter essa visão errônea da Segunda Vinda de Cristo, de que quando aparecesse, não fosse reconhecido ou fosse desprezado por aqueles que têm uma visão diferente da ocorrida.

Hoje Cristo já se manifestou, seu nome é Lisbet, a Esposa de Deus Melquisedec.

É muito importante lembrar que um dos títulos usados, até pelo Cristo do século I, foi o de Filho do Homem. A razão deste termo se deduz do fato de que Cristo viria ao mundo como qualquer ser humano: gerado por um homem e parido por uma mulher. A forma de identificá-lo seria por meio de ouvir sua mensagem e conferi-la à luz das evidências bíblicas.

O Cristo em sua Segunda Vinda se manifestaria tão humano que alguns dos que o esperavam, esses mesmos o negariam, pois esperavam um ser místico e irreal. Estas dúvidas seriam geradas por sua indiscutível essência humana. É por isso que está escrito uma advertência para estarmos preparados em sua Vinda: “Se ouvires hoje sua voz, não endureçais vossos corações” – Hebreus 3:15.

Cristo já está manifestado em nosso meio, e não somente isso, é uma mulher e tem um nome que é sobre todo nome, Lisbet. Ela apresentou ao mundo o verdadeiro nome de Deus Pai, Melquisedec, pois são 2 em 1, Esposo e Esposa. A vocês só resta conferir e verificar.