Welcome! - Bienvenido! - Benvenuti! -

programas recentes:

Com Cristo Lisbet, completamente vivo

A vida e a morte são dois temas comuns a qualquer organismo no planeta terra. Desde a ameba ou amiba, cuja composição unicelular a coloca dentro do alcance dos menores organismos, até a baleia azul, o maior dos cetáceos e é considerada a maior do reino animal, passando por plantas e vegetais, todos estes seres experimentam um processo que se inicia com um nascimento e finaliza com a morte.

O ser humano que pertence ao reino animal não está isento de morrer.  Desde que nasce inicia um processo progressivo e gradual de deterioração e decadência celular, que finalmente o levará a morte. Existem fatores que influenciam para que esse processo degenerativo se acelere ou se torne lento. Elementos como a genética, a alimentação, a contaminação ambiental, hábitos como fumar, beber e o uso de drogas, costumam alterar o processo de envelhecimento que finalmente cessa com a morte.

A razão de isso ocorrer inevitavelmente é porque os seres humanos nascem sem um espírito que cumpra com a função de vivificá-los.

Agora, nos encontramos diante de outro cenário o qual convidamos ao leitor a que o tenha muito presente.

Romanos 5: 12-16 e 19

12 Portanto, como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram.

13 Pois antes da lei, havia pecado no mundo; mas onde não há lei, não se imputa pecado.

14 Não obstante, reinou a morte desde Adão até Moisés, até sobre os que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão, o qual é figura do que havia de vir.

15 Mas o dom não foi como a transgressão; porque se pela transgressão de um morreram muitos, abundaram muito mais para os muitos a graça e o dom de Deus pela graça de um homem, Jesus Cristo.

16 E não acontece com o dom como no caso daquele que pecou; porque certamente o juízo veio por causa de um só pecado para condenação, mas o dom veio por causa de muitas transgressões para justificação.

19 Porque assim como pela desobediência de um homem muitos foram constituídos pecadores, assim também pela obediência de um, muitos serão constituídos justos.

Vejamos a expressão citada no verso 14:

até nos que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão,

Isto nos leva a uma pergunta inevitável:

Qual foi a transgressão de Adão?

A resposta nos dá:

João 16:8-9

8 E quando ele venha, convencerá ao mundo do pecado, da justiça e do juízo.

9 Do pecado, porquanto não creem em mim;

Toda a história de Adão contada por Moisés deve ser entendida como uma figura plenamente aplicável para esses tempos nos quais se manifestaria Cristo Lisbet e haveria indivíduos que com visível insensatez não creriam Nela. Isso é o que tipifica como a transgressão de Adão.

Todo aquele que a ouviu e não creu pecou, tal como o demonstra:

Romanos 5:16

16 E não acontece com o dom como no caso daquele que pecou; porque certamente o juízo veio por causa de um só pecado para condenação, mas o dom veio por causa de muitas transgressões para justificação.

Então, por isso diz em:

Romanos 5:12

12 Portanto, como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram.

O termo “assim a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram.”, significa que estes homens um dia ouviram e creram, receberam o dom da vida eterna; mas logo se apartaram. Foi precisamente por sua errada decisão, que a morte entrou neles.

Romanos 6:23

23 Porque o salário do pecado é a morte, mas a dádiva que Deus dá é a vida eterna por meio de Cristo Jesus nosso Senhor.

Esse pecado é não crer em Cristo Lisbet hoje, pois é hoje que Cristo está presente trazendo a vida eterna por meio de sua pregação.

Leiamos também:

João 5:29

29 e os que fizeram o bem sairão à ressurreição de vida; mas os que fizeram o mal, a ressurreição de condenação.

ressurreição de condenação, é que um dia tiveram eternidade por ter crido em Cristo Lisbet, mas a perderam por sua insensata incredulidade.

Vejamos mais desses detalhes em:

João 15: 4-5

4 Permanecei em mim, e eu em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanece na videira, assim também vós, se não permanecerdes em mim.

5 Eu sou a videira, vós os ramos; o que permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque separados de mim nada podeis fazer.

Assim que, podemos dizer de forma conclusiva, que existem três classes de indivíduos.

O primeiro está formado por seres humanos comuns e correntes, os quais nunca ouviram, nem souberam nada de Cristo Lisbet. É a estes que Cristo Lisbet está chegando para que possam ressuscitar dos mortos e assim romper o ciclo de nascer, crescer e morrer algum dia.

O segundo grupo é constituído daqueles que um dia a ouviram e creram e como consequê4ncia receberam a vida eterna, mas como o ramo que se separa da videira, estes insensatos deixaram apagar a chama de sua fé, pelas propostas da carne e como consequência a morte se apoderou deles novamente.

O terceiro grupo é constituído de todos aqueles que ouvem a Cristo Lisbet e não se afastam Dela. Estes são os abençoados e bem aventurados que hoje estão experimentando um processo gradual e progressivo de vivificação e rejuvenescimento celular e orgânico, mais conhecido como a vida eterna.

1 Coríntios 15:22

22 Assim como todos morrem porque todos nós pertencemos a Adão, todos os que pertencem a Cristo Lisbet receberão vida nova.